Qual vídeo/vlog vocês querem no canal do youtube?

Pesquisar este blog

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Google Analytics

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de Análises Clínicas, formada em técnico em farmácia, técnico em química e atualmente maquiadora profissional, aquariana, 27 anos, adora escrever, adora livros, Potterhead.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.
sábado, 15 de fevereiro de 2014
Ola gente, tudo bem?? sei que sumi um pouquinho de novo, mas dessa vez foi por motivos pessoais. Bom, sem enrolação vamos ao post de hoje. Agora pouco eu publiquei na página do face da ABRASTA meu depoimento a eles, e vou publicar aqui também para vocês conhecerem um pouco mais da minha história com essa associação maravilhosa.

Quando meus pais descobriram que eu era uma pessoa com Talassemia, eles ficaram desesperados e não sabiam quase nada sobre a talassemia. Meu tio na época morava em são paulo, mas especificamente em santo andré e ficou sabendo da associação, logo em seguida entrou em contato com vocês e passou todos os detalhes do que estava acontecendo. Logo em seguida vocês entraram em contato com meus pais e explicaram tudo sobre a talassemia e até enviaram o livrinho, que tenho até hoje. Com seis anos precisei do desferal, mas meus pais não sabiam como conseguir a medicação gratuita pelo SUS e nem como conseguir a bombinha, novamente meu tio entrou em contato com vocês e vocês ligaram para os meus pais para ajudar a conseguir a medicação e conseguiram um desconto na minha primeira bombinha. Em 2013, minha bombinha apresentou defeito, não funcionava mais direito pois estava muito velha, eu consegui uma de doação, mas ficou retida na ANVISA e se não fosse a ajuda de vocês estariam retida até hoje. Eu só tenho a agradecer a ABRASTA e toda a sua equipe, em 2013 tive a oportunidade de conhecer algumas pessoas da equipe e também de realizar o sonho de conhecer a pessoa que me inspira a seguir o meu tratamento, a pessoa que é meu espelho, conheci a Merula Anargyrou Steagall, uma guerreira!! Também conheci a Claudia Di Sessa Vellozo uma pessoa maravilhosa!!

Quero deixar aqui meu depoimento e agradecimento eterno, sempre serei grata por tudo o que a ABRASTA fez por mim desde que meus pais descobriram a doença, no ano de 1990. Antes os médicos falavam que uma portadora de talassemia major não chegaria aos 4 anos de idade, hoje tenho 24. Merula, Claudinha e toda a equipe...muito obrigada por tudo. Sempre e sempre agradecerei vocês eternamente e sempre mostrarei para as pessoas que a ABRASTA pode sim ajudar você, basta querer!!

MUITO OBRIGADA POR TUDO!!

0 comentários: