Qual vídeo/vlog vocês querem no canal do youtube?

Pesquisar este blog

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores

Google Analytics

A Blogueira

A Blogueira
Estudante de Análises Clínicas, formada em técnico em farmácia, técnico em química e atualmente maquiadora profissional, aquariana, 27 anos, adora escrever, adora livros, Potterhead.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.
terça-feira, 17 de junho de 2014
Ola pessoal, sei que sumi por uns tempos mais estou de volta, estava sem internet para postar mas agora já estou de volta. O post de hoje é para você que usa o Desferal.

Embora já existam opções de medicamentos orais, o Desferal ainda é um importante aliado para os portadores de Talassemia. Como já sabem, este quelante de ferro é injetado no paciente - na grande parte dos casos em casaa - e tem ação mais eficaz quando aplicado o maior tempo possível. Para isso é utilizado um aparelho chamado Bomba de infusão, que permite prolongar sua aplicação.

O descarte deste material deve ser realizado de maneira correta e de acordo com as normas da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Mas, você sabe como descartar as ampolas, seringas e outros utilizados??

Segundo a Resolução número 5/93 da CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), os resíduos são classificados em quatro grupos:

GRUPO A
Potencialmente infectantes: presença de agentes biológicos que apresentem risco de infecção, como bolsas de sangue

GRUPO B
Químicos: que contenham substâncias químicas capazes de causar risco à saúde ou ao meio ambiente, como medicamentos para tratamento de câncer.

GRUPO C
Rejeitos radioativos: materiais que contenham radioatividade em carga acima do padrão e que não possam ser reutilizados.

GRUPO D
Resíduos comuns: qualquer lixo que não tenha sido contaminado ou possa provocar acidentes, como luvas e gazes.

GRUPO E
Perfurocortantes: objetos e instrumentos que possam furar ou cortar, como agulhas e ampolas de vidro.
Os materiais utilizados pelos portadores de talassemia durante seu tratamento pertencem ao grupo E.

    Nos hospitais, seringas, agulhas e frascos são descartados em bombonas (vasilhas) ou caixas apropriadas para material perfuro cortante. Assim que enchem, estes recipientes são envoltos em saco branco, que identificam tratar-se de material hospitalar, e são encaminhados para a incineração em transporte também apropriado.
    "Aos pacientes que realizam o tratamento em casa, fornecemos os recipientes apropriados para o descarte do material, e orientamos a trazê-lo de volta ao centro de tratamento quando cheio. Toda vez que traz um recipiente, leva outro", explicou Ana Cristina César Villani, enfermeira do Hemocentro de Marília.
    Também é muito importante ter cuidado ao manusear estes materiais durante o tratamento, para que o paciente não fique exposto a infecções e ulcerações na pele, por exemplo.
    " Logo no início do uso de Desferal, o paciente ou seu familiar passa por um treinamento, no qual ensino todos os cuidados básicos no momento de lidar com injetáveis. Oriento e supervisiono desde a maneira correta de segurar a seringa, até os cuidados domiciliares que precisarão ter no momento da aplicação", disse Ana Cristina.


    Para ficar livre de qualquer problema proveniente à aplicação do Desferal, faça o seguinte:

1 - Lave bem as mãos antes de manipular o medicamento
2 - Escolha uma mesa ou superfície que possa ser limpa com álcool, antes da manipulação do medicamento.
3 - Esterilize o local para inserção da agulha, utilizando algodão ou gaze embebidos em álcool. Limpe a pele com movimentos circulares, começando na região central e movimentando-se para fora.
4 - Use um local diferente da infusão para cada dia do mês.
5 - Para minimizar o incômodo das "pelotinhas" formadas por causa da infusão, coloque a agulha o mais fundo possível na pele, pois assim será menos dolorido.


Eu pego o " Descartex" na ubs próxima a minha casa, quando ela lota eu levo novamente na ubs e troco por um novo. Cada cidade, estado e cada centro de tratamento é diferente.

Essas dicas foram retiradas do Info Abrasta de Fev_Mar_Abr de 2014.



beijinhos e até a próxima.


0 comentários: